Reduzir Churn: 7 hacks para reduzir ou prevenir o Churn

Tempo de leitura: 4 minutos

Rate this post

Atire a primeira pedra quem nunca teve Churn em seu negócio ou empresa.

Churn é o pesadelo de todo mundo.

Se você trabalha em uma empresa SaaS é bem (na verdade MUITO) provável que isso já tenha acontecido.

Mas perder um cliente nem sempre é ruim, se o lead for ruim é bom que você tenha perdido ele mesmo.

Mas o foco não é esse.

Em geral, é necessário buscar formas para sempre manter o cliente com você.

Principalmente no caso de empresas Saas, visto que elas trabalham com receita recorrente.

É pensando nisso que resolvi trazer a vocês 7 Hacks para reduzir ou prevenir o churn.

Se liga aí

1- Melhore sua experiência onboarding.

O que você deve fazer, logo no início, é fazer com que seus clientes experimentem o valor principal do seu produto.

E não demore, faça isso o mais cedo possível.

Valor do produto juntamente com a sua experiência e integração!

Como fazer isso?

  • Tenha um fluxo de trabalho com o objetivo de demonstrar o valor principal do produto.
  • Seja objetivo, não sobrecarregue o cliente com detalhes desnecessários.
  • Tenha em mente que você deve educar seu cliente e, aos poucos, adicionar informações que, se escutadas antes, eles não entenderiam.
  • Monte um guia para orientar o cliente sobre as principais ações do seu aplicativo ou serviço.

2- Busque maneiras de educar os novos clientes

Nem sempre seu cliente estará preparado para consumir seu produto, serviço ou aplicativo.

Ao invés de deixar esse cliente de lado, busque maneiras de educá-los sobre seu produto.

Seja através de vídeos, conteúdos em blogs, podcasts, infográficos….

Enfim, existem diversas formas de introduzir informações a seus clientes.

3- O email também serve para dar boas vindas!

É bem comum a captação de emails através de blogs de conteúdos, palestras, webinares e etc…

O primeiro contato com esses leads não precisa ser focado em mostrar seu produto e/ou serviço.

boas vindas a este novo usuário.

Faça com que ele se sinta parte da sua comunidade e que irá manter contato com ele a partir desse momento.

4- Satisfação dos clientes e feedbacks

Já ouviu aquela expressão:

O cliente sempre tem razão?

Isso não necessariamente é verdade, no entanto, você deve SEMPRE ESCUTÁ-LO.

Afinal, o seu produto é para sanar a necessidade do consumidor, aliviar sua dor.

Se o seu cliente tem alguma reclamação ou comentário a fazer a respeito do seu produto ou serviço, esteja sempre de ouvidos abertos.

Isso é bom para os dois lados.

Tanto para melhorar a experiência do usuário com seu produto quanto para melhorar a relação do cliente com você.

5- Produza bons conteúdos constantemente

Você deve entender que o conteúdo do seu blog, não serve apenas para educar seu consumidor, mas também para gerar valor na vida dele.

O lead pode não ser seu cliente agora, mas ele está engajado no seu site.

Mantê-lo conectado é a chave, porque uma hora ou outra, ele pode se interessar sobre seu serviço ou produto.

E você não precisará gastar tanta energia para convencê-lo a comprar, já que ele já estava com você antes.

6- Crie ganchos de retenção em seu produto

Apesar disso tudo, ainda pode acontecer do usuário ou cliente querer largar seu produto ou serviço.

Busque então “ganchos” dentro do próprio site, aplicativo ou até mesmo treine sua equipe de atendimento, para que encorajar os usuários a continuar com o serviço.

O LinkedIn, por exemplo, incentiva os usuários a fazerem conexões em sua rede, a fim de trazê-los ao aplicativo e, consequentemente,  redescobrir seu valor principal que tinham.

7- Retenção com FollowUp

Se você não sabe o que é FollowUp, aconselho você ler meu artigo Guia Completo de FollowUp para Iniciantes.

Basicamente, enviar um email e ficar esperando resposta é fria.

Você precisa continuar se conectando com o usuário.

É ai que surge as estratégias de FollowUp.

E não se preocupe, você não estará incomodando seu lead.

Pelo contrário, você estará lembrando ele que você existe e está disposto a ajudá-lo.

O máximo que pode acontecer é ele se desinscrever da sua lista de emails.

Mais vale um lead ruim sair da sua lista, do que um lead ruim dentro nela.

Além disso, manter contato via email ajuda na retenção de seus clientes. Procure também enviar conteúdo a eles através dessa ferramenta.

Caso queira aprimorar seus estudos, assista minha vídeo aula TOTALMENTE GRATUITA sobre Growth Hacking: Leads e vendas.