O que é CAC? Como calcular e uma dica de ouro para reduzir o seu

Tempo de leitura: 4 minutos

Se você chegou até aqui, quer dizer que: ou você desconhece o que é CAC ou tem uma ideia, mas quer se aprofundar.

Não se preocupe até o final desse artigo você vai entender de tudo relacionado a essa métrica, além daquela dica especial de como reduzi-lo.

E se assistir a vídeo aula GRATUITA sobre Growth Hacking: Leads e Vendas, você vai entender ainda melhor a métrica em pauta.

Vamos La?

O que é CAC?

CAC é o Custo de Ativação do Cliente (Customer Activation Cost). Ou seja, é o valor gasto para adquirir um cliente.

Essa métrica é usada para definir se o modelo de negocio escolhido é valido e lucrativo.

É bem comum o CAC aparecer do lado de outra métrica bem importante, a VTVC (Valor do tempo de vida do cliente ou customer lifetime value).

Juntas, elas ajudam você a determinar a lucratividade de sua startup.

Qual a relação do CAC com o VTVC?

Como dito anteriormente, o CAC e o VTVC andam juntos, principalmente quando se trata de startups.

Para os que não conhecem o modelo startup, ele se resume em quatro elementos: tempo, produto, mercado e….

Você já deve ter adivinhado qual é o quarto elemento.

Exatamente, considera-se o quarto elemento, a relação entre O CAC e o VTVC ou seja, a relação entre o custo de ativação do cliente com o valor do tempo de vida do cliente.

Exemplo:

Se a relação CAC:VTVC for menor que 1:1, quer dizer que o valor para adquirir o cliente foi maior do que o retornado por ele.

Veja um exemplo mais concreto: Se a métrica CAC:VTVC for 1:4, quer dizer que o cliente voltou quatro vezes a receita utilizada para adquiri-lo.

Ok, Como eu calculo o CAC?

O Custo de Ativação do Cliente é calculado da seguinte forma:

Onde o MA (Marketing de Ativação), representa todo o valor gasto com publicidade online e offline, criação de materiais, panfletos, propaganda em meios de comunicação.

Todo esse valor será dividido pelo CA.

CA representa todos os Clientes Adquiridos num determinado período de tempo.

Resumindo: O Custo de Ativação do Cliente é representado por todo o custo que você investiu (não importa o meio) para adquiri-lo, dividido pelo numero de clientes que você adquiriu.

Porque meu CAC deve ser baixo?

CAC baixo quer dizer lucro. Afinal, isso significa que o custo que você tem para adquirir um cliente é baixo.

Criei minha startup hoje, preciso preocupar com o CAC?

A resposta é não.

É bem comum, no inicio de uma de uma startup, CAC ser negativo. Afinal, é bem provável que no inicio de sua empresa você ainda não saiba direito qual a segmentação do seu negocio e nem para onde ele vai.

Portanto, no inicio, não se assuste com um CAC negativo. É normal.

No entanto, com o passar do tempo, você irá querer que esse valor fique positivo. Afinal, quem não quer gastar pouco e ganhar mais?

Através de estratégias de Growth Hacking: Leads e Vendas, esse valor facilmente é aumentado. Com o tempo seu CAC vai acabar diminuindo.

E se não diminuir?

Isso é o que veremos agora…

Como reduzo meu CAC?

Tenha em mente que uma vez que você reduziu seu CAC, não quer dizer que ele ficará assim para sempre.

Qualquer cliente encontra uma empresa através de um canal de tração.

Se um canal de tração se esgotar, seu CAC irá aumentar. Afinal, você estará adquirindo menos clientes e continuaria investindo a mesma coisa.

Uma hora essa bomba vai estourar.

Para que isso não aconteça, para que você sempre tenha um novo canal de tração, eis aqui minha dica:

Bullseye Framework

Quem é do canal, sabe que não é a primeira vez que menciono essa metodologia. Afinal, ela é tão importante que tem um artigo, nesse site, somente sobre ela.

Veja você mesmo.

O bullseye é uma metodologia que irá te auxiliar a encontrar seu canal ideal.

Ela consiste, basicamente, em colocar todos os possíveis canais de tração no papel. Fazer um brainstorm, ranquear o canal no bullseye, definir a prioridade do canal, testar o canal, para que no fim você invista todo o seu foco nele.

Assim que seu canal de tração saturar (como no exemplo CAC que eu citei no texto), você faz outro bullseye, e encontra um novo canal de tração.

Para um estudo mais completo, assista minha vídeo aula GRATUITA sobre Growth Hacking: Leads e Vendas. Te garanto que irá te ajudar.